Juiz de Fora

Distribuição de produtos do programa “Murilo Mendes” é suspensa

A medida visa diminuir a circulação de pessoas

Em atendimento ao decreto que colocou Juiz de Fora na Faixa Roxa, a mais restritiva no protocolo de combate à Covid-19, a Fundação Cultural Alfredo Ferreira Lage (Funalfa), suspendeu provisoriamente a distribuição de produtos patrocinados pelo Programa Cultural “Murilo Mendes”.

A medida visa a reduzir a circulação de pessoas e evitar aglomerações, dentro do esforço coletivo de desacelerar o contágio pelo coronavírus, que atinge índices alarmantes na cidade.

As restrições, anunciadas, no domingo, 7, pela prefeita Margarida Salomão e publicadas no Portal da Prefeitura de Juiz de Fora, terão validade inicial de uma semana, e entraram em vigor nessa segunda-feira, 8.

Vencido o prazo, o Fórum de Defesa da Vida fará uma reavaliação do quadro sanitário para definir as próximas ações.

A retomada da distribuição dos produtos culturais acontecerá tão logo Juiz de Fora consiga melhorar os parâmetros em relação ao contágio, afastando o risco de colapso no sistema de saúde.

Continue lendo

Artigos relacionados