Juiz de Fora

Governo de Minas atua em cidades atingidas pelas chuvas

Equipes prestam auxílio em municípios das regiões Central e Zona da Mata

O Governo do Estado de Minas Gerais está em ação nas cidades atingidas pelas chuvas dos últimos dias, especialmente desse fim de semana. O Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais (CBMMG) e a Polícia Militar de Minas Gerais (PMMG) estão em atuação nas cidades das regiões Central, Zona da Mata e Alto Caparaó, que sofrem com os impactos da chuva desde sexta-feira.

Além da montagem de um gabinete de crise para assistência às vítimas e à população afetada, equipes da Coordenadoria Estadual de Defesa Civil (Cedec) foram direcionadas aos municípios para prestar auxílio. Também já começou a distribuição de donativos, como colchões, kits de higiene e de limpeza. Segundo a Defesa Civil Estadual, até aqui, dois caminhões foram enviados para os municípios das regiões com mais de 800 itens.

Em função das chuvas de alta intensidade, o Estado mobilizou todo seu efetivo para trabalhar no enfrentamento aos desastres causados, sobretudo nas áreas mais afetadas – Central, Zona da Mata e Alto Caparaó. Algumas cidades foram inundadas e moradores tiveram que deixar suas residências. Além disso, vias públicas e pontes ficaram danificadas e o acesso, principalmente às comunidades rurais, foi restringido.

Em Santa Maria de Itabira, na região Central, a madrugada chuvosa provocou desmoronamentos e soterramentos que causaram a morte de ao menos duas pessoas. Vários pontos da cidade e área rural estão alagados. O governador esteve no local nesse domingo, 21, para acompanhar pessoalmente as operações realizadas por Corpo de Bombeiros e Defesa Civil.

Passabém, município vizinho, também registra problemas semelhantes. Helicópteros da PMMG e Bombeiros se deslocaram até a região para reforçar o atendimento e socorro.

Em Matipó, Carangola, Orizânia, Divino e Fervedouro, a assistência também está sendo prestada pela Defesa Civil, com o envio de ajuda humanitária.

O Sistema de Controle de Operações (SCO), metodologia adotada pela Defesa Civil Estadual para gestão de desastres, foi implantado em Carangola e Matipó, com participação dos principais órgãos do Estado e município. A ferramenta tem demonstrado eficiência para o controle dos pontos sensíveis e priorização das ações para restabelecimento dos serviços essenciais e atendimento aos afetados.

Sistema de Alertas

A Defesa Civil de Minas Gerais, em parceria com o Instituto Mineiro de Gestão das Águas (Igam) e a Cemig, faz o detalhamento, em escala regional, de modo a chamar a atenção para fenômenos adversos, como enchentes, estiagens e temporais severos. Esses alertas são encaminhados aos municípios para adoção de medidas preventivas, se necessário.

Diariamente, também são enviadas mensagens de texto (SMS) com alertas meteorológicos para a população. Para se cadastrar e receber os avisos, basta enviar SMS, informando o CEP da residência ou local desejado, para o número 40199. Esse cadastro é muito importante, pois, ao receber o alerta, o cidadão pode tomar suas medidas de atenção e autoproteção e ajudar outras pessoas.

Continue lendo

Artigos relacionados