eSports

Wild Rift: mudanças importantes chegando para os usuários de VPNs

A Riot Games publicou uma nota nesta sexta-feira (6) informando a todos os players de seus jogos, especialmente os ansiosos pelo novíssimo Wild Rift, que ela fará mudanças na forma de login com VPN em todos os seus clientes.

A medida está sendo implementada por conta de um monitoramento feito pela Riot. Como uma média gigante de jogadores querem experimentar o beta do MOBA para celular, vários que residem em países onde ele não está liberado estão utilizando uma rede privada virtual para logar. Isso está causando diversos problemas, que vão desde problemas de comunicação entre os usuários, que quebram a harmonia do jogo, como picos imensos de lag (não só para os usuários das redes privadas).

+LoL: Trailer de gameplay oficial de Wild Rift é revelado
+Wild Rift: Servidores devem chegar ao Brasil no primeiro semestre de 2021

Por conta disso, foram exploradas novas maneiras de proteger o jogo e a melhor solução encontrada foi encerrar a possibilidade de acesso com esse programa imediatamente. Ainda está em andamento outra avaliação para ver se há a necessidade de banir outros serviços que variam do VPN. Na nota pública, a empresa lamenta ter de limitar o acesso desta maneira, mas crê firmemente que isso irá melhorar a jogabilidade do beta e fazer com que ele seja executado da forma planejada.

Em uma espécie de FAQ, foi informado que os usuários das regiões onde o beta está liberado não deveriam ter problemas com acesso, mesmo se utilizassem o serviço particular. A empresa também garante que está trabalhando o mais rápido e o melhor possível para poder liberar o acesso ao Wild Rift a outras regiões.

Ao mesmo tempo que odeia bloquear jogadores, a desenvolvedora reitera a crença que esta foi a melhor decisão para garantir a melhor experiência para todos em Wild Rift.

Continue lendo

Artigos relacionados