eSports

VALORANT: Riot comenta ausência do modo treino nas filas de espera

Na última quinta-feira (9), a Riot Games publicou a nona edição do Pergunte ao VALORANT, uma série de artigos onde os desenvolvedores respondem perguntas feitas pela comunidade.

Nesta edição, a equipe de desenvolvimento do FPS comentou sobre pauses durante uma partida, compartilhamento de configuração de mira e a possibilidade de usar o sistema de treinamento durante a fila de espera.

Primeiramente, em relação aos pauses no meio da partida, o rioter Steven Eldredge comentou que isso poderia trazer algumas questões que poderiam comprometer a competitividade do jogo, mesmo em ocasiões extra-jogo.

“Sabemos que, às vezes, vocês precisam fazer “o número 1 ou o número 2″, como você bem disse. Então, para garantir que todo mundo vai conseguir fazer o que precisa ser feito, estamos estudando a possibilidade de incorporar uma pausa nas pré-rodadas. Assim, as pausas possivelmente não impactariam o resultado dos confrontos nas partidas”, revelou o Produtor Sênior.

+ VALORANT: Riot revela detalhes do Ato III e imagem com nova agente
+ VALORANT: Gamelanders conquista o bicampeonato da Copa Rakin

Sobre o compartilhamento de configuração de miras (semelhante ao que existe no compartilhamento de decks em Legends of Runeterra), Steven também afirma que há planos para implementar este sistema em VALORANT. “Planejamos criar mais opções de personalização de mira no futuro, e permitir que os jogadores compartilhem personalizações com colegas de equipe e amigos seria uma ótima adição aos nossos recursos.”

Por fim, Jared Berbach, Produtor Chefe de Modos de Jogo falou a respeito da possibilidade de abrir o estande de treino durante a fila de espera em VALORANT. Segundo ele, embora seja viável a ideia é encontrar alternativas para implementá-lo.

“Atualmente, uma “partida” no estande de tiro e uma partida normal 5 contra 5 exigem o mesmo esforço dos nossos servidores, mas esse esforço é 10 vezes menos eficiente em relação ao estande, pois é uma “partida” que está entretendo apenas um jogador. Preferimos preservar a força dos servidores para ser usada em partidas competitivas”, contou o rioter.

Continue lendo

Artigos relacionados


 
Botão Voltar ao topo