Segurança

Policia Federal faz operação em seis estados em suspeita de fraudes bancárias

Após invasão no sistema bancário da Caixa Econômica contas da prefeitura de Mato Grosso estão entre os alvos da quadrilha.

Nesta quarta-feira (16) a Polícia Federal cumpre 28 mandados divididos entre 11 de prisão e 17 de busca e apreensão no Distrito federal e em outros cinco estados. A coordenação se deu pela polícia do Mato Grosso e tem como principal alvo uma organização criminosa suspeita de ter cometido fraudes bancárias pela internet. Algumas prefeituras eram alvos da quadrilha que desviava dinheiro mantido na Caixa Econômica Federal.

Segundo a investigação o prejuízo causado teria ultrapassado R$ 18 milhões. Já em Pontes e Lacerda o desvio foi de cerca de R$ 2 milhões. Em alguns municípios, o furto de recursos públicos atrasou salários de funcionários e pagamento de fornecedores.

De acordo com a polícia a organização contava com a participação de integrantes espalhados em várias partes do país, além de hackers e profissionais de empresas de telefonia.

Nessa quarta os estados alvos são Distrito Federal, Pará, Goiás, São Paulo, Maranhão e Bahia. Nenhuma identidade foi revelada até o momento.

Os responsáveis devem responder por invasão de dispositivo informático mediante fraude e furto qualificado.

Em São Paulo a PF cumpre mandatos na capital, Praia Grande e Cubatão, sendo dois mandatos de prisão e outro de busca e apreensão.

Continue lendo

Artigos relacionados


 
Botão Voltar ao topo