Mundo

Venezuelanos usam trilhas clandestinas para chegar ao Brasil: ‘Buscando futuro para o meu filho’

A fronteira entre Brasil e Venezuela está fechada por causa da pandemia de Covid. Mesmo assim, o fluxo de venezuelanos entrando no país ainda é muito grande. A equipe do “Profissão Repórter” flagrou a entrada de vários deles através de trilhas clandestinas, as chamadas “trochas”. Coiotes são os responsáveis por conduzi-los e, segundo um dos próprios atravessadores, o caminho é “muito perigoso”.

A polícia de Roraima patrulha a fronteira, mas não pode impedir a entrada. Em determinado momento, nossa equipe registrou a troca de informações entre PMs brasileiros e soldados venezuelanos que disseram estar controlando as trilhas, mas que estavam permitindo que algumas pessoas continuassem seu caminho apenas para fazer compras, porque o país está sem insumos.

“Isso é um sacrifício que estamos fazendo por causa do governo da Venezuela. Estamos trabalhando para poder comer, para ter algo no estômago”, afirmou um deles antes de seguir seu caminho.
Continue lendo

Artigos relacionados


 
Botão Voltar ao topo