Mundo

Com ajuda de Trump, Israel e Emirados Árabes Unidos assinam histórico acordo de paz

Com intermédio do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, Israel e Emirados Árabes Unidos chegaram a um histórico acordo de paz que deve normalizar as relações diplomáticas entre os dois países.

Sob o acordo, Israel concorda em suspender a aplicação de sua soberania a áreas da Cisjordânia que fazem parte do projeto israelense de anexação do território.

Para os Emirados Árabes Unidos, a decisão aprimora sua campanha internacional para ser visto como um símbolo de tolerância no Oriente Médio, embora o país seja liderado por autocratas.

O estabelecimento do acordo também representa uma vitória diplomática para o governo Trump, e uma tática de investimento em política internacional que pode ajudar o líder republicano em sua campanha de reeleição para a presidência dos EUA.

O acordo foi selado em um telefonema nesta quinta-feira (13) entre Trump, o primeiro-ministro israelense, Binyamin Netanyahu, e o xeque Mohammed Bin Zayed, príncipe herdeiro de Abu Dhabi.

     

“Enorme avanço hoje! Acordo de paz histórico entre nossos dois grandes amigos, Israel e os Emirados Árabes Unidos!”, escreveu Trump, em uma rede social.

Artigos relacionados


Botão Voltar ao topo