Esporte

Ciclista amador de 65 anos sofre queda e morre em prova no interior de São Paulo

O engenheiro e ciclista amador Fredy Tejada, 65, morreu no domingo (26) após uma queda durante a prova L’Étape Brasil, em Campos do Jordão, interior de São Paulo.

Segundo a organização do evento, o acidente ocorreu na altura do quilômetro 38 na rodovia Floriano Rodrigues Pinheiro, por volta das 8h30. O ciclista foi levado de helicóptero para o Hospital Regional de Taubaté, mas não resistiu. O óbito, ainda de acordo com a organização, foi confirmado pela equipe médica às 20h30.

De acordo com amigos e companheiros de prova, Tejada sofreu traumatismo craniano. Procurado pela Folha, o hospital de Taubaté diz não ter permissão da família para conceder informações.

A corrida amadora L’Étape Brasil, realizada no Brasil desde 2015, é chancelada pela Volta da França, a mais tradicional prova do ciclismo de estrada mundial.

O velejador Bruno Prada, 50, medalha de prata nos Jogos Olímpico de Pequim-2008 e Londres-2012, é o responsável pela prova no Brasil. Ele preferiu se manifestar por meio de nota da organização.

“A organização do L’Étape Brasil by Tour de France lamenta o ocorrido e presta profundas condolências à família de Fredy, uma pessoa querida por todos e um dos fidelis da prova. Fidelis são participantes que competiram em todas as edições do L’Étape Brasil e o Fredy era um apaixonado pelo ciclismo”, diz o texto. “Nossa única preocupação neste momento de dor é confortar a família.”

Continue lendo

Artigos relacionados