Esporte

Santos empata e chega a 7º jogo seguido sem vitória no Brasileiro

Em um duelo de duas equipes na metade de baixo da tabela do Campeonato Brasileiro, Ceará e Santos protagonizaram um empate sem gols que não foi bom para nenhum dos envolvidos.

Na Arena Castelão, na noite deste sábado (18), os cearenses entraram em campo com 24 pontos na 12ª posição. Os santistas, com 23 e na 13ª.

O empate mantém a classificação de ambos, mas amplia a má fase das equipes, que venceram pela última vez no Brasileiro no mesmo dia: 1º de agosto.

Desde então, o Ceará empatou três partidas (contando essa) e perdeu outras três, teve um jogo adiado e desceu cinco posições na tabela.

Já o Santos, no Nacional, empatou cinco vezes, perdeu duas, desceu também cinco lugares na tabela e ainda trocou de técnico.

A equipe ainda foi eliminada na Copa do Brasil (para o Athletico-PR) e na Copa Sul-Americana (apesar de ter vencido o jogo de ida contra o Libertad, o último triunfo do time em geral, um mês atrás).

Já são três jogos seguidos sem balançar as redes e apenas um gol marcado nos últimos seis.

Fernando Diniz foi demitido após perder para o Cuiabá por 2 a 1. Fábio Carille, campeão brasileiro com o Corinthians, assumiu o elenco.

Além do duelo contra o Ceará, o treinador comandou a equipe outra vez no Brasileiro, contra o Bahia —outro empate sem gols.

As duas equipes estão em uma faixa embolada da tabela. Entre o 8º colocado, o Cuiabá, e o 17º, o América-MG, há apenas seis pontos de diferença (27 para 21).

Isso significa que uma vitória poderia fazer Santos ou Ceará subirem para a parte de cima da classificação.

Por outro lado, o empate abre possibilidade para que os cearenses sejam ultrapassados pelo São Paulo e os santistas, além do rival paulista, também pelo América-MG —ambas as equipes jogam amanhã.

A situação só não é pior porque Juventude e Bahia, que começaram a rodada com chance de passar na frente dos dois times, já jogaram e não venceram.

O próximo compromisso do Santos é fora de casa e apenas no próximo domingo (26), às 16h (horário de Brasília), justamente contra o Juventude.

Já o Ceará volta a campo um dia antes, no sábado (25), às 17h. Enfrenta, novamente em casa, a Chapecoense, que tem a pior campanha do Campeonato Brasileiro.

Continue lendo

Artigos relacionados