Esporte

Corinthians larga na frente do Palmeiras na final do Brasileiro Feminino

A história de Palmeiras e Corinthians, marcada por uma das maiores rivalidades do esporte brasileiro, ganhou mais um capítulo neste domingo (12), agora no futebol feminino. Os clubes protagonizam pela primeira vez a final do Campeonato Brasileiro, e o time alvinegro largou na frente.

No jogo de ida da decisão, no Allianz Parque, o Corinthians venceu o rival por 1 a 0. A partida da volta acontece no dia 26, na Neo Química Arena. O Palmeiras precisará vencer por um gol de diferença para levar a disputa para os pênaltis. Antes, no dia 22, as equipes se enfrentam pela primeira fase do Campeonato Paulista.

Atual campeão, o Corinthians faz a quinta final consecutiva e tenta o terceiro título do Nacional (além de 2020, ganhou também em 2018). Já o Palmeiras busca conquista inédita. A final é uma reedição da semi de 2020, vencida pelas jogadoras do time alvinegro.

Neste domingo, o Palmeiras teve mais presença no setor ofensivo, marcando sob pressão e forçando erros na saída de bola do adversário. Com pouco espaço, as meias corintianas Gabi Zanotti e Tamires tiveram dificuldade para armas jogadas.

Foi o Corinthians, entretanto, o time mais perigoso. No primeiro tempo, a atacante Adriana chegou a balançar as redes aos 26 após aproveitar rebote, mas o gol foi anulado pelo VAR por impedimento. Na segunda etapa, Gabi Portilho fez um golaço aos 21 após cobrança de falta. Ela tocou de primeira e encobriu a goleira palmeirense Jully.

Com o resultado, o Corinthians ampliou a vantagem no retrospecto sobre o rival. São 16 dérbis ao todo, com nove triunfos alvinegros, quatro vitórias alviverdes e três empates.

O Corinthians retomou o time feminino em 2016, à época em parceria com o Audax. Já o Palmeiras voltou a ter uma equipe feminina em 2019. Nesta temporada, o clube alviverde contratou 14 jogadores, incluindo atletas com passagem pela seleção brasileira.

Com investimentos, o Palmeiras joga de igual para igual contra a badalada equipe do Corinthians, que teve cinco atletas convocadas pela técnica da seleção brasileira, Pia Sundhage, para a disputa das Olimpíadas de Tóquio, no Japão. A treinadora, aliás, assistiu ao clássico deste domingo nas arquibacadas do Allianz.

Com as duas melhores campanhas do Brasileiro, Palmeiras e Corinthians já têm a classificação assegurada para a próxima edição da Libertadores.

Continue lendo

Artigos relacionados