Esporte

Hungria e Portugal se enfrentam pela Eurocopa em estádio lotado

As partidas na Puskas Arena, em Budapeste, terão os maiores públicos da Eurocopa deste ano. A primeira delas é entre Hungria e Portugal, nesta terça-feira (15). Cerca de 61 mil pessoas estão presentes no estádio.

Entre todos os 11 estádios que vão receberam jogos do torneio, o da capital húngara o único que poderá receber a capacidade máxima de público. O confronto de abertura, entre Itália e Turquia, no Olímpico de Roma, foi visto por 17.500 pessoas. A lotação é de 72 mil.

Visando a Eurocopa, o premiê nacionalista Viktor Orbán afrouxou as restrições antes impostas por seu governo para combater a pandemia da Covid-19. Qualquer pessoa que comprove ter sido vacinada pode comparecer a eventos em ambientes fechados, ir a restaurantes, teatros e cinemas.

É estimado que 5,3 milhões de pessoas no país tenham sido vacinadas contra Covid. A população da Hungria é de 9.8 milhões. Orban importou vacinas da Rússia e da China. Segundo ele, a vacina é um “colete à prova de balas” contra o coronavírus.

O público teve acesso à arena nesta terça depois de coletar uma pulseira que indica a imunidade. Torcedores de outros países também puderam comparecer desde que mostrassem teste PCR negativo feito 72 horas antes do início da partida.

O estádio também vai receber o confronto entre Hungria e França (dia 19), Portugal e França (dia 23) e um jogo das oitavas de final (dia 27).

Continue lendo

Artigos relacionados