Esporte

Morte de Maradona é destaque na imprensa internacional; confira repercussão

A morte de Diego Armando Maradona, um dos maiores jogadores de futebol de todos os tempos, é destaque na imprensa do mundo inteiro. O argentino morreu nesta quarta-feira (25) após uma parada cardiorrespiratória em casa, em Tigre, na região de Buenos Aires.

Os jornais argentinos Clarín, La Nación e Olé destacam foto de Maradona durante a Copa do Mundo de 1986, vencida pela Argentina e considerada uma das maiores conquistas do futebol do país.

O Clarín destaca em seu site a comoção mundial pela morte do astro e diz que Maradona já é uma lenda. “E um dia aconteceu. Um impacto mundial. Uma notícia que marca uma virada na história”, diz trecho de reportagem sobre a morte do ex-jogador.

Para o diário Olé, o futebol morreu um pouco após a perda de Maradona. “Porque nada será igual. Nunca mais. A morte marca um antes e um depois”, diz trecho de reportagem.

Jornais italianos também destacam a morte do jogador. O La Repubblica afirmou ‘Napoli está em lágrimas’.

Maradona viveu no na Itália muitos de seus melhores momentos em campo e ajudou o Napoli a ganhar seus dois únicos títulos do Campeonato Italiano, em 1987 e 1990, além de conquistar uma Copa da Uefa em 1989, uma Copa da Itália em 1987 e uma Supercopa da Itália em 1990.

Já o Corriere della Sera escreveu que morreu “o maior do mundo”. O Gazzetta dello Sport, um dos principais jornais esportivos da Itália, lamenta a morte de um “Deus do futebol”.

O francês Le Monde também classificou o argentino como “Deus do futebol” em manchete que destaca a morte do astro.

O americano New York Times classificou Maradona um dos maiores jogadores de todos os tempos, citando também Pelé. O jornal também destacou problemas de saúde e a dependência química do ex-atleta.

“O argentino que se tornou um dos maiores jogadores de futebol com uma astúcia malandra e controle extravagante enquanto perseguia uma vida pessoal repleta de drogas e álcool e problemas de saúde”, diz trecho da reportagem.

O jornal espanhol Marca diz que a Argentina está sob profunda comoção com a morte do ídolo nacional.

O mundo do esporte também reagiu com pesar à divulgação da morte Maradona. Pelé e Lionel Messi foram alguns dos jogadores que lamentaram a perda.

Continue lendo

Artigos relacionados


 
Botão Voltar ao topo