Economia

Negócio da Smart Fit com mexicanos deve replicar perfil das academias no Brasil

O acordo anunciado pela rede de academias brasileira Smart Fit nesta terça (13) com os mexicanos da Sports World para uma potencial junção das operações por lá impulsionaria o posicionamento da brasileira no mercado premium mexicano.

Se concretizado, o negócio replicaria no México o perfil que a empresa já tem no Brasil, com uma grande marca de tíquete médio inferior, a Smart Fit, para atender as classes B e C, e a Bio Ritmo, mais cara.

Os brasileiros, que operam hoje com foco na rede de baixo custo no México, expandiriam o atendimento no mercado premium.

Pelo acordo, a combinação dos negócios uniria a Sports World à subdidiária da Smart Fit local, a Latamgym, formando uma rede de mais de 230 academias no país.

O passo anunciado nesta terça entra na sequência da aquisição da Just Fit pela Smart Fit, um negócio que foi impulsionado pela crise enfrentada no mercado de academias, que teve de fechar as portas na pandemia, enfraquecendo principalmente os negócios menores.

O setor deve ver mais consolidação pelos próximos meses. No final do ano passado, os acionistas da Smart Fit fizeram um aporte de R$ 500 milhões para reagir ao golpe da pandemia no caixa da empresa.


com Mariana Grazini e Andressa Motter


LINK PRESENTE: Gostou desta coluna? Assinante pode liberar cinco acessos gratuitos de qualquer link por dia. Basta clicar no F azul abaixo.

Continue lendo

Artigos relacionados


 
Botão Voltar ao topo