Economia

Por que algumas pessoas conseguem construir um patrimônio financeiro e outras não? Parte II

Você se lembra de Jonathan Edwards? Talvez você já tenha ouvido falar neste nome e o tenha esquecido, mas a história dele você não deveria esquecer e vou te contar o porquê.

Nos longínquos anos de 1986, o atleta britânico de salto triplo, Jonathan Edwards, participou pela primeira vez de um campeonato.

Como todo atleta profissional que chega em uma competição, a expectativa é sempre alta. Principalmente, por todo o preparo envolvido de anos. Mas, como todo “novato” você já deve imaginar qual foi o resultado.

Sim, não foi como o esperado para ele! Edwards, na época, acabou como a grande maioria dos atletas em início de carreira, muito longe de subir ao pódio.

O caminho até conquistar a sonhada medalha de ouro olímpica, desejo maior de todo atleta, foi longo. Foram anos batendo “na trave”. Apesar de conquistar medalhas em outros campeonatos, a mais valiosa delas demorava a chegar.

Até que, nas Olímpiadas de Sidney, em 2000, chegou a sua hora e Edwards subiu ao lugar mais alto do pódio. Naquele momento o seu objetivo maior se realizava.

Assim como com Edwards, para você se tornar um vencedor você precisa de muito preparo e isso leva tempo.

No caso de Edwards foram 14 longos anos trabalhando por seu objetivo. Edwards é até hoje o detentor do recorde mundial do salto triplo, foi campeão olímpico e campeão europeu.

Não há dúvidas de que ele é um grande vencedor!

O que fez Jonathan não desistir?

Se eu puder resumir em três palavras, com certeza, seriam: planejamento, disciplina e orientação. Este último com a ajuda fundamental de seu técnico.

Conquistar a medalha de ouro olímpica realmente é muito difícil, pois você está disputando contra muitos atletas bem preparados e que seguem os três passos.

Atingir sua independência financeira é muito mais simples do que isso. Você só está disputando consigo mesmo.

Pode acreditar, é muito simples mesmo!

Agora você deve estar se questionando, já que é simples, por que a maioria das pessoas não consegue?

A maioria não consegue porque elas não aplicam, justamente, os três fatores que levaram o nosso atleta ao pódio: planejamento, disciplina e um especialista para orientá-las.

E agora você deve vir com a segunda pergunta: “Como eu consigo a minha independência a partir desses três aspectos?”

E eu te respondo logo abaixo.

1) Tendo um planejamento para os investimentos, que significa trabalhar em um plano de investimento para você;

2) Mantendo a disciplina, ou seja, seguindo o seu plano de investimento nos bons e maus momentos;

3) Buscando orientação com especialista, ao seu lado, para te ajudar tanto na montagem do plano quanto na disciplina não se distanciar dele.

Embora alcançar a independência financeira seja simples, não é fácil, pois poucos se dedicam a fazer o que precisa ser feito. Ou seja, dispender tempo para montar um plano, ter disciplina para segui-lo e buscar especialistas para orientá-lo por todo o caminho.

 

Michael Viriato é professor de finanças do Insper e sócio fundador da Casa do Investidor.

Continue lendo

Artigos relacionados


 
Botão Voltar ao topo