Cidadania e Direitos Humanos

Reveillon, Ano Novo ou Ressignificação?

Reveillon, Ano Novo ou Ressignificação?

Todos os anos tenho a mesma impressão. Sinto-me me como um animal trocando de pele e renovando para um ano vindouro. Simbolicamente, já que a vida é contínua e as coisas seguem independente de datas, feriados ou outras invenções do homem.

Estou falando do Senhor Tempo ! Que homem (ou mulher???) interessante !! Cura feridas, resgata a fé e nos obriga a caminhar já que, como dito, segue …

2020 foi para mim (e creio que para a maioria das pessoas) um ano de clara divisão. Parte sua causou dor dilacerante, sofrimento que parecia não ter fim, desqualificação em diversas áreas – e a ciência foi a grande afetada, além da apatia, solidao, medo e desilusões para além do pessoal.

Eita ano para tantas máscaras caírem (ou, pior, não serem usadas !!!), tanta arrogância e ignorância aflorar, falta de empatia sem fim e educação zero.

Será o efeito da COVID-19 ? Ou a má influência que alguns de nossos representantes – destaque para o maior – causa naqueles que escondiam tais defeitos?

Já a segunda fase de 2020. Ah, Sr. Tempo. Quantas alegrias. Quantas pessoas novas chegando e mostrando que dá sim pra amar novamente, em todos os campos da vida. Quantas expectativas e oportunidades aparecendo. E o amor, a solidariedade e a fé reflorescendo!

Obrigado a todos e todas que estiveram nesta trilha sonora de 2020 – ora de suspense, terror, drama, outra de ficção científica, de comédia e de aventura que, na média, trouxe aprendizado e colheita.

2021 é ano da perseverança ! Vacinas chegando, esperança ressurgindo, expectativas de um mundo menos mascarado.

Estou preparado ! E quero estar com pessoas que valham a pena, que comunguem da minha alegria de viver. Posso contar com vc ?

Felicidades plenas sempre! Para todos nós ! Bendito 2021 !

Continue lendo

Luiz Eduardo

Mestre em Ensino em Ciências da Saúde pela UNIFESP/SP. Consultor Técnico do Instituto Joana d’Arc (Guarujá/SP). Especialista em Gestão de Políticas Pública pela ENAP (Brasília/DF). Militante e Consultor em AIDS, Sexualidade, Direitos Humanos e Cidadania.

Artigos relacionados


 
Botão Voltar ao topo