Praia Grande

Monitores do Projeto Verão no Clima 2021 participam de treinamento em Praia Grande

Atividade ocorreu na sede do Instituto Biopesca, nesta segunda-feira (18)

Os monitores que integram a equipe de trabalho de Praia Grande para o Projeto Verão no Clima 2021 participaram de um treinamento nesta segunda-feira (18). As atividades ocorreram na sede do Instituto Biopesca, localizada no Bairro Boqueirão. Todos os trabalhos foram realizados dentro das diretrizes de biossegurança devido a pandemia da covid-19, como, por exemplo, a obrigatoriedade do uso da máscara.

A equipe teve acesso ao material informativo e equipamentos do Instituto. O objetivo do encontro foi mostrar para os monitores os danos causados pela produção de lixo nas praias e o estrago que isso causa para os animais marinhos e aves. Desta forma, no momento da abordagem, os agentes terão valioso conhecimento para conscientizar os moradores e turistas sobre a importância da responsabilidade que cada um tem com o meio ambiente

O Projeto Verão no Clima já está em sua quarta edição. Em Praia Grande, as ações promovidas pelo Governo do Estado em parceria com a Prefeitura contam com coordenação da Secretaria do Meio Ambiente (Sema) local.

Neste ano, por conta da pandemia, o projeto não terá os tradicionais eventos como corridas, exposições e gincanas. Os monitores terão como focar em ações mais individuais sobre temas como educação ambiental. Cuidados que devem ser tomados por conta da pandemia também farão parte das abordagens.

ATUAÇÃO

Em Praia Grande, os monitores serão divididos em dois turnos. Quatro atuarão no período da manhã (9 às 13 horas) e outros quatro a tarde (13 às 17 horas), sempre as sextas, sábados e domingos. Serão duas tendas fixas na orla da Cidade, nos bairros Boqueirão e Ocian.

A atuação dos monitores seguirá os protocolos de biossegurança. Todos receberão equipamentos de segurança, como luvas de tecido e borracha, máscaras de tecido, álcool gel, protetor solar e face shield.

BIOPESCA

O Instituto Biopesca funciona como uma das referências no desenvolvimento de pesquisas e atividades relacionadas à pesca e aos animais marinhos na Região Metropolitana da Baixada Santista.

Criado em 1998 em Praia Grande, o Instituto Biopesca é uma ONG que tem como objetivo principal pesquisar as atividades de pesca e suas relações com golfinhos e tartarugas marinhas. Atualmente, os profissionais realizam monitoramento diário das praias.

Continue lendo

Artigos relacionados


 
Botão Voltar ao topo