Guarujá

Em Guarujá, máscaras confeccionadas por artesãos da cidade são entregues para distribuição

300 máscaras de proteção foram entregues na Secretaria de Saúde e 100 no Fundo Social de Solidariedade. Parte das máscaras será distribuída nos comércios da Cidade.

Desde o último dia 16 de abril, artesãos voluntários convocados pela Secretaria de Cultura (Secult), estão confeccionando máscaras de proteção. Na quarta-feira (29), 400 destas peças foram distribuídas, sendo 300 para a Secretaria de Saúde (Sesau) e 100 para o Fundo Social de Solidariedade. Para ajudar a prevenir a Covid-19 na Cidade, as mesmas serão distribuídas, também, em filas no comércio, flexibilizado pelo decreto 13.610.

Os objetos feitos artesanalmente não são descartáveis. Elas podem ser reutilizadas desde que higienizados, de preferência com água sanitária, após o uso, devendo permanecer de molho por 30 minutos. As máscaras são feitas com TNT e também com spuntec da Feltcolor, doado pela empresa Ober S/A.

“É uma maneira de podermos auxiliar no combate à doença. O momento pede a união de todos, para que possamos sair desta situação e retomarmos as nossas atividades normais”, destaca o secretário de Cultura. A produção de máscaras pelos artesãos continuará ininterruptamente.

A artesã voluntária da Secult, Cida Santos, participou das entregas e confeccionou máscaras para a ação. Outra voluntária, é a artista plástica Regina Piotto, que já foi conselheira de artes visuais de Guarujá . “Fiz com a maior boa vontade, acho que é o dever de todo cidadão ajudar como pode. Apesar do trabalho, faria tudo de novo”, conta a artista, que confeccionou corações para serem entregues junto com as máscaras com o material que sobrou.

Continue lendo

Artigos relacionados


 
Botão Voltar ao topo